Prefiro não me identificar publicamente porque o que vou compartilhar é algo muito íntimo e pessoal e não quero que as pessoas me reconheçam nas ruas. Este é um diário de um homem que viveu vários momentos bons e ruins na vida e está sempre em reflexão sobre o caminho que a humanidade está seguindo em termos de valores, comportamento, escolhas etc.

Sempre fui mais tímido desde criança e tive dificuldades de me relacionar com os outros. Já fui vítima de bullying pela minha aparência nada agradável na adolescência (tive acne de terceiro grau que arruinou o meu rosto inteiro) e meu auto-estima nunca foi dos melhores.

Entre as garotas, a situação era ainda pior porque ninguém queria ficar perto de alguém todo vermelho de espinhas e desajeitado. Quando dizem que as crianças são os piores seres humanos, não posso discordar. Elas podem ser bem cruéis sem nenhum pudor.

Mesmo com essa infância difícil, não fui daqueles que se deixam cair em um poço profundo sem saída, muito pelo contrário, tudo o que passei me serviu de motivação para dar a volta por cima e ser uma pessoa melhor, mais madura, mais ambiciosa, mais sonhadora e ativa. Cuidei da minha aparência, estudei muito para conseguir um bom emprego e hoje posso dizer que tenho uma posição de relativo sucesso.

As pessoas ao meu redor jamais imaginariam o tipo de pessoa que eu era anos atrás e este é o lugar onde pretendo compartilhar tudo o que passei até chegar onde estou hoje. Aquele canário pequeno, franzino se transformou em uma poderosa águia que voa alto e conquistou o seu espaço no céu.

Bem vindo ao The Canary Report – Reflexões de um Homem Adulto!